© Young, Wild & Free ✌ ©

“Pessoas muito frias já foram muito doces.”

Clarice Lispector.   (via desnortiada)

“Aquele que é feliz espalha felicidade.”

Anne Frank. (via prestigiador)

“Surpreenda quem não espera nada de você.”

Tati Bernardi.   (via restituivel)

“Eu, por exemplo, gosto do cheiro dos livros. Gosto de interromper a leitura num trecho especialmente bonito e encostá-lo contra o peito, fechado, enquanto penso no que foi lido. Depois reabro e continuo a viagem. Gosto do barulho das páginas sendo folheadas. Gosto das marcas de velhice que o livro vai ganhando: A lombada descascando, o volume ficando meio ondulado com o manuseio. Tem gente que diz que uma casa sem cortinas é uma casa nua. Eu penso o mesmo de uma casa sem livros.”

Martha Medeiros.   (via restituido)

“Porque eu sou assim: na hora eu grito, xingo, faço tudo de cabeça quente e falo coisas que magoam. Depois eu paro e penso que talvez eu devia ter me calado e escutado um pouco mais, que foi errado da minha parte falar coisas movido pela raiva e que eu não tinha toda a razão… Mas fazer o quê?”

Vinícius Kretek. (via restituido)

“Se você fechar os olhos, vê escuridão. Mas se mantê-los fechados por tempo suficiente, e se concentrar bastante, você verá a luz.”

Skins.  (via repouse)

“E lembre-se: vai doer mais quando você magoar alguém,do que quando te magoarem. É claro, essa observação só é válida para quem tem coração.”

Os porquês de Amélia Roswell (via sincronizar)

“Só não deixa o orgulho ser maior que o amor.”

Fernanda Gama. (via infragilizada)

“Sabe o que é o pior de ter um coração partido? Não se lembrar de como você se sentia antes.”

Skins. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

“Knowing your own darkness is the best method for dealing with the darknesses of other people.”

C.G. Jung (via minuty)

“Às vezes, não há nenhum aviso. As coisas acontecem em segundos. Tudo muda. Você está vivo. Você está morto. E as coisas continuam. Somos finos como papel. Existimos por acaso entre as percentagens, temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos.”

Charles Bukowski.    (via nobroke)

©